Tesoureiro do PT, condenado no “mensalão”, irá trabalhar na CUT, em Brasília

O juiz Bruno André Silva Ribeiro, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal autorizou o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares a deixar a prisão durante o dia para trabalhar na sede CUT (Central Única dos Trabalhadores), em Brasília.

Delúbio está preso na Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

Ele foi condenado a seis anos e oito meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

PT pt

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s