Rosalba diz que deixou de assumir três Partidos no estado para não desprestigiar José Agripino

Os comentários nas rodas políticas são de que a governadora Rosalba Ciarlini comparecerá segunda próxima à reunião da Comissão Executiva do DEM, em Natal, RN, com espírito desarmado.

O seu propósito é colaborar para que o diálogo entre correligionários se mantenha em nível respeitoso e elevado.

Rosalba desmente qualquer tipo de comportamento agressivo, como também que esteja pensando em retaliar politicamente o senador José Agripino.

Ela chegou a afirmar: “não mudei. Sou a mesma de sempre, em relação ao apoio que nunca deixei de dá ao senador José Agripino. Fui convidada para assumir três partidos no RN e rejeitei para não desprestigiar o senador na hora em que ele era o presidente nacional do DEM”.

Assessor político do governo comentou as declarações do deputado Felipe Maia, ontem, 29, ao Jornal de Hoje, em Natal.

Disse o parlamentar que Rosalba teria que demonstrar na reunião de segunda feira ter apoio de partidos políticos para formar uma coligação e que é elegível.

O assessor esclareceu que a formação de uma aliança com partidos somente será anunciada “após o DEM deixar claro que a governadora Rosalba terá a legenda para disputar a reeleição.

“Como a governadora pode conversar com partidos, quando o seu próprio esbraveja que não lhe dará legenda? É o caso típico de colocar o carro na frente dos bois” – afirmou o assessor.

O mesmo assessor observou que caberia também ao senador José Agripino, líder inconteste no Estado, procurar as lideranças políticas para a formação de uma aliança de apoio à Rosalba.

Essa missão não é somente dela. É de Agripino também como presidente nacional e regional do DEM. Além do mais, a viabilidade eleitoral não se mede apenas por partidos coligados, mas pela capacidade de luta na campanha. E isso não falta à Rosalba” – concluiu.

Sobre elegibilidade, o assessor deixou claro que a governadora não está inelegível.

Mesmo com a condenação de um colegiado – o TRE-RN – ela teria autorização do TSE para registrar-se e disputar a eleição, pois já existem vários casos semelhantes no Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s