Relatoria deve ficar com atuais ministros do STF, provavelmente um dos membros da 2ª Turma

A presidente do STF, Cármen Lúcia, deu sinais de que redistribuirá os processos da Lava Jato a um dos dez atuais integrantes da Corte, após a morte de Teori Zavascki.

O mais provável é que a operação seja distribuída entre um dos membros da 2.ª Turma do Supremo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s