Presidente americano defende tortura para combater terrorismo

“Devemos combater fogo com fogo”. Foi assim que o presidente Donald Trump respondeu quando questionado em uma entrevista nesta quarta (25) sobre técnicas de interrogatório atualmente proibidas por terem sido consideradas tortura, como o afogamento simulado.

“Num momento em que o ISIS [Estado Islâmico] está fazendo coisas das quais não ouvíamos falar desde os tempos medievais, eu defenderia o waterboarding [afogamento simulado]?”, disse à ABC News. “Até onde eu sei, devemos combater fogo com fogo.”

As leis americanas rejeitam rejeita a “tortura”.

“Nenhuma pessoa em custódia dos EUA deve ser, em momento nenhum, objeto de tortura ou de tratamento ou punição cruel, desumano ou degradante, como previsto na lei americana”, afirma a legislação.

Resta saber o que será considerado tortura pelo governo Trump.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s