Marisa Letícia: a “babá” que se tornou primeira-dama no Brasil

Marisa Letícia Lula da Silva (7 de abril de 1950), companheira de Lula por 43 anos, poderia ser superficialmente percebida como a sombra de um marido poderoso.

Mas no lar dos Lula da Silva quem mandava, de fato, era ela, como costumava afirmar o próprio ex-presidente.

Controlava as contas, o salário do marido e, inclusive, decidia quem podia ou não visitar um dos políticos mais poderosos do país, nos momentos em que a saúde dele se mostrava frágil.

Nascida em uma família de imigrantes italianos em São Bernardo do Campo, ela teve uma origem humilde, como o marido.

Seu pai era agricultor e teve 15 filhos.

Ainda criança, já trabalhava como babá das sobrinhas do pintor Cândido Portinari.

Aos 13 anos, virou embaladora de bombons numa fábrica de doces e, com isso, teve de deixar a escola.

Seis anos depois, estava casada com Marcos Cláudio, um taxista, que morreu em uma tentativa de assalto quando Marisa estava grávida.

LEIA MAIS NO “EL PAÍS”: http://zip.net/bltCRZ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s