Disputa por aeroportos do País deve atrair novos grupos

O primeiro leilão de concessão da era Temer deve ser bem diferente das disputas verificadas nos governos Lula e Dilma Rousseff.

Com as grandes construtoras enfrentando problemas na Lava Jato e sem a presença da Infraero, a licitação dos aeroportos de Salvador (BA), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS) e Florianópolis (SC), quinta-feira, tende a ser protagonizada pelas companhias internacionais e fundos de investimentos.

A lista de candidatos às concessões é ampla. Entre as operadoras estrangeiras de aeroportos estão as espanholas AviAlliance,Aena e OHL, a suíça Zurich, a argentina Corporación América, aalemã Fraport e a francesa Vinci.

Do lado brasileiro estão fundos como Pátria e Vinci Partners, a empresa de infraestrutura CCR e algumas construtoras, como a CRAlmeida.

De acordo com o edital, os quatro aeroportos vão exigir investimentos de R$ 6,61 bilhões. (Estado)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s