Lula diz sofrer “massacre” e que acorda sabendo que esperam sua prisão

Folha

Em depoimento prestado na Justiça Federal de Brasília por uma hora nesta terça-feira (14), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se disse vítima “quase que de um massacre”, que está cansado de ouvir rumores sobre sua prisão e negou ter interferido na delação do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Lula se preparou longamente para passar pelo seu primeiro interrogatório como réu em um processo aberto desde o início da Lava Jato. Mas, quando entrou na sala de audiência da 10ª Vara Federal de Brasília, às 10h11 desta terça, Lula parecia bastante nervoso.

Vestindo terno escuro, camisa lilás e sua habitual gravata com as cores da bandeira do Brasil, Lula tirava e colocava a tampa da caneta azul que estava nas suas mãos, passava a língua sobre os lábios secos e penteava o bigode com o dedo indicador direito. Quem o conhece sabe que esses são sinais particulares do nervosismo do petista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s