Mônica Moura negociava no Iguatemi dinheiro para campanha de Dilma

Mônica Bergamo

Os encontros de Fernando Migliaccio com Mônica Moura, mulher do marqueteiro João Santana, para tratar de dinheiro para a campanha eleitoral de 2014 ocorriam em endereço badalado de SP: o shopping Iguatemi.

O ex-executivo da Odebrecht disse, em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que acertou pagamentos de R$ 16 milhões a ela e ao marido no exterior.

DESTINO – Migliaccio afirma que os pagamentos, via caixa dois, se destinavam à campanha eleitoral de Dilma Rousseff em 2014.

A defesa da ex-presidente pediu que o ministro Herman Benjamin, relator do processo que investiga a chapa Dilma/Michel Temer por abuso de poder no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), determine a Migliaccio que apresente provas.

LÁ LONGE – Migliaccio disse, em seu depoimento, que documentos e anotações estão em seu computador, que se encontra hoje nas mãos de autoridades da Suíça, país onde ele foi preso em novembro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s