Em meio a seca severa, transposição do rio São Francisco divide o nordeste

A transposição do rio São Francisco, cujo eixo leste foi inaugurado com festa por Michel Temer neste mês, ê alvo de disputa política.

A obra monumental já custou R$ 9,6 bilhões e tem sua paternidade reivindicada pelo ex-presidente Lula, que em 2007 tirou a ideia do papel.

Mas, em paralelo à disputa política que marca a chegada das águas do rio aos canais e barragens da transposição, desenrola-se outra menos visível, entre as populações ao longo do trajeto da obra, atingidas pela seca mais severa em pelo menos 50 anos no Nordeste. (Folha)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s