Recuo na Reforma da Previdência ampliará desigualdade na educação

Para especialistas, decisão de Temer de retirar servidores estaduais e municipais da reforma ampliará desigualdade na educação.

Com a retirada de servidores municipais e estaduais da reforma da Previdência, os professores, categoria que reúne mais de 2 milhões de profissionais no país, poderão conviver com ao menos três regimes diferentes para a aposentadoria.

A situação do magistério, segundo especialistas, exemplifica as distorções criadas com o recuo do governo na reforma.

A mudança poderá ampliar a desigualdade na educação, com os professores buscando vagas nos municípios com melhores regimes de aposentadoria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s