Planalto fiscaliza conversas de deputados a respeito da Previdência em redes sociais

Painel

Acusado no Congresso de estar perdendo a guerra da comunicação, o Planalto decidiu criar um grupo para monitorar menções à reforma da Previdência nas redes sociais.

A equipe, que acompanha com especial interesse o que os parlamentares falam sobre o tema, descobriu que os aliados de Michel Temer andam acanhados.

Nas regiões medidas, o percentual de deputados que debate as mudanças varia de 10% a 13%. A maioria é de oposição e vocaliza opinião contrária à proposta.

O mesmo grupo de trabalho acompanha e analisa os discursos que são feitos na comissão especial que debate a reforma da Previdência na Câmara.

Também ali, as medições mostram que os aliados do presidente estão mais silenciosos do que os seus adversários.

O Planalto diz, porém, que a apatia da base aliada não é necessariamente ruim.

Numa tentativa de olhar o lado bom da história, recorre ao ditado: “quem cala consente”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s