Ação contra Cláudia Cruz julgada por Moro chega perto do fim

Mônica Bergamo

O processo em que Cláudia Cruz, mulher de Eduardo Cunha, é acusada de lavagem de dinheiro e evasão de divisas também caminha para um desfecho.

O juiz Sergio Moro abriu prazo para que o Ministério Público Federal apresente as alegações finais em que defende a condenação dela.

PALAVRA FINAL – Depois disso, Petrobras e a defesa de Cruz devem se manifestar, o que deve ocorrer até o fim do mês de abril, quando Moro então dará seu veredicto.

GOTA D’ÁGUA – Uma eventual prisão da mulher sempre foi o maior temor do ex-presidente da Câmara dos Deputados, que foi condenado por Sergio Moro nesta quinta (30) a 15 anos de prisão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s