Previdências estaduais têm rombo de R$ 102 bi

No ano passado, os estados tiveram de cobrir déficit de R$ 102 bilhões de seus regimes previdenciários, o que agravou a crise que estão enfrentando.

De acordo com estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), apenas em Rondônia, Roraima e Amapá, ex-territórios da União, os gastos com inativos e pensionistas não fecharam no vermelho.

Os outros 24 estados tiveram de fazer aportes extras de 12,7% de sua receita, em média, para cobrir o rombo. Minas, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro estão em pior situação.

No caso do Rio, foi preciso socorro adicional de 21% da receita para equacionar o déficit da previdência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s