Prefeitura de SP reforça orientação para cortar 30% dos comissionados

Mônica Bergamo

A Prefeitura de São Paulo reforçou internamente há alguns dias a determinação para que as secretarias cortem até 30% dos cargos comissionados.

A guilhotina atinge com mais força as 32 Prefeituras Regionais (625 servidores), Saúde (535), Secretaria das Prefeituras Regionais (313) e Educação (281).

A meta é que 3.520 pessoas, de um total de 11 mil, sejam exoneradas.

A maior parte das exonerações ainda está em andamento, mas pastas como as de Gestão (132), Transportes (150) e Desestatização e Parcerias (10) avançaram no processo.

Nem todos os cortes significam demissões, já que alguns funcionários perderam o cargo de confiança, mas seguem como servidores.

Outras secretarias ainda negociam com a de Gestão porque estão com dificuldade de atingir a meta.

Argumentam que atividades podem ser paralisadas pelo corte de comissionados que são, por exemplo, coordenadores de área.

Em nota, a prefeitura diz que a medida, promessa de campanha de João Doria (PSDB), é para “deixar a estrutura mais enxuta”.

E que reduzirá os cargos “sem prejudicar as atividades-fim”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s