“Não há super-homem na Lava Jato”, diz Janot

Em compromisso oficial em Tóquio, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, fez palestra na embaixada brasileira sobre a luta contra a corrupção e as mudanças no cenário interno e na cooperação com outros países que permitiram ao Brasil chegar aos resultados da Operação Lava Jato.

As informações foram divulgadas pela Assessoria de Comunicação Estratégica da Procuradoria.

Para Janot, ‘não existe super-homem nesse processo’.

“Isso foi fruto do desenvolvimento das várias instituições que trabalham de forma integrada e esse preparo se deu ao longo do tempo”, disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s