Delator entregou planinhas de pagamentos de caixa 2 para campanhas de Alckmin

O chefão do setor de infraestrutura da Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva Junior entregou à Operação Lava Jato cópias dos registros de pagamentos de caixa 2 para o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), das planilhas do Setor de Operações Estruturadas – o chamado por investigadores “departamento de propinas”.

São as provas de corroboração do que disseram três delatores da Odebrecht sobre pagamentos acertados e efetuados para as campanhas de 2010, de R$ 2 milhões, para o codinome “Belém”, e de 2014, de R$ 8,3 milhões, para o codinome “M&M”.

Alckmin foi citado por três delatores da Odebrecht. O caso foi enviado para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), que tem competência para analisar a abertura de uma investigação criminal contra ele, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator da Lava Jato. (Estado)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s