Palácio do Planalto monta plano para apressar reformas em debate

O presidente Temer decidiu apressar o andamento das reformas para reagir à crise das delações da Odebrecht.

A estratégia é aprovar no Congresso, na terça-feira, regime de urgência para o projeto que altera as leis trabalhistas e para o de socorro aos estados em dificuldades financeiras.

No mesmo dia, o relatório sobre a reforma da Previdência deve ser apresentado.

Na avaliação do governo, os inquéritos contra ministros no STF não devem ter qualquer conclusão este ano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s