Delação de Palocci poderá isentar PT e denunciar empresas com quem teve relações suspeitas

Folha divulga hoje, 19, que operadores do mercado financeiro passaram os últimos dois dias fazendo projeções oficiosas sobre uma possível delação do ex-ministro Antonio Palocci (PT).

Tentam preparar o ambiente para uma “reação rápida”, que evite a contaminação de todo o sistema.

No PT circula a versão de que Palocci pouparia o partido e focaria as denuncias nas relações escusas com o empresariado.

Temerosas, empresas que não foram mencionadas diretamente, mas participaram de obras citadas na delação da Odebrecht, buscaram advogados no último fim de semana para estudar formas de propor colaboração à Justiça ou traçar linha de defesa.

Ainda, na Folha:

A movimentação de Antonio Palocci para fazer delação premiada tem sido recebida, por profissionais do mercado, como um recado dele ao sistema financeiro.

Além de Lula, há uma expectativa de que depoimentos dele atinjam diretamente os bancos brasileiros, com quem tinha relação estreita.

Por essa leitura, Palocci estaria dando o alerta em busca de apoio político nos tribunais superiores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s