Governo sofre derrota e urgência na tramitação da reforma trabalhista é negada no plenário

O governo sofreu uma derrota e não conseguiu aprovar ontem no plenário da Câmara um requerimento de urgência para votar a reforma trabalhista.

Eram necessários 257 votos favoráveis, mas só houve 230.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s