Eduardo Cunha recebeu R$ 19,7 milhões em 36 parcelas para liberar verbas do FGTS

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recebeu R$ 19,7 milhões em 36 parcelas mensais de R$ 547 mil entre os anos de 2011 e 2014.

A afirmação é do ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedicto Júnior, em delação premiada. Dinheiro era para que Cunha influenciasse na liberação  de recursos do FGTS para obras do Porto Maravilha, no Rio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s