Parlamentares reagem a falta de diálogo do governo e PSB votará contra reformas

O anúncio de que o Governo não mais aceitará mudanças nas reformas em debate traz problemas sérios para as próximas votações.

Quinto maior partido da base aliada do presidente Michel Temer, o PSB se declarou na noite desta segunda (24) contra as reformas trabalhista e da Previdência.

A atitude sinaliza que a legenda pode deixar de apoiar o governo do peemedebista.

Caso o PSB debande, a base na Câmara perderá 35 integrantes e terá 376. Temer agora atuará para tentar impedir traições em outras siglas governistas, como PTB e PPS.

Para aprovar a reforma previdenciária, 308 votos são necessários.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s