Andrade Gutierrez pagou João Santana para atuar em campanha na Venezuela

Mônica Bergamo

A Andrade Gutierrez deu dinheiro para o marqueteiro João Santana participar de campanhas eleitorais na Venezuela ainda na época de Hugo Chávez.

A revelação está na delação premiada da mulher dele, Mônica Moura, já homologada no STF (Supremo Tribunal Federal).

POR ALTO Mônica Moura tocou no assunto no depoimento que deu também ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), nesta segunda (24), mas o tema não foi aprofundado.

A Andrade tinha várias obras no país.

RESPOSTA A empreiteira está negociando um “recall” da delação premiada que fez no ano passado com a Operação Lava Jato e não se manifesta.

NA REDE As declarações de Santana sobre Dilma Rousseff ao TSE (ele disse que ela sabia do caixa dois na campanha, o que a ex-presidente nega) foram recheadas de elogios.

“Convivi com centenas de políticos de vários matizes mas pouquíssimos –ou quase nenhum– tão honestos, rígidos, corajosos e voluntariosos como a presidenta.

Mesmo assim, ela caiu nesta rede nefasta”, disse ele.

FRONTEIRA O marqueteiro fez também uma revelação inusitada.

Segundo disse, Michel Temer tentou convencê-lo, em 2015, a fazer a campanha “do amigo de um amigo” a presidente do Haiti.

João não aceitou porque trabalhava na República Dominicana, que tem problemas diplomáticos com o Haiti.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s