Petistas divergem sobre manter manifestação pró Lula dia 3 de maio

A cúpula do PT definiu como estratégia “turbinar” a greve geral da próxima sexta-feira e transformar num evento o depoimento do ex-presidente Lula em Curitiba (PR), ao juiz Sérgio Moro.

Dirigentes pretendem acompanhar Lula, seja em que data ocorrer o depoimento.

Há pedidos para que Moro adie a data, inicialmente marcada para o dia 3 de maio.

O PT já estava mobilizando os movimentos sociais para uma manifestação em Curitiba.

Nesta segunda-feira, no evento do PT em Brasília que contou com a presença de Lula, dirigentes divergiram sobre manter ou não a manifestação para o dia 3 de maio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s