Lula sobre a greve: “O povo ficou em casa. As pessoas não precisam ir pra rua em dia de greve”

Para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a greve geral desta sexta-feira (28) contra as reformas pretendidas pelo governo Temer é um “sucesso total”.

Ele ressaltou que as ruas de São Paulo e de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, onde reside, estão vazias, um sinal de que “as pessoas resolveram paralisar em protesto contra a retirada de direitos, contra a reforma trabalhista, a reforma da Previdência, desemprego e redução salarial.”

Em entrevista à Rádio Brasil Atual nesta manhã, Lula afirmou que o sucesso da greve também significa que está sendo ampliada a conscientização do povo brasileiro em relação aos impactos das reformas pretendidas.

Lula afirmou que a paralisação é uma demonstração de força do movimento sindical, em especial da CUT.

Lula destacou que é notória nas ruas a adesão da população, pelo vazio no trânsito.

“ O povo ficou em casa. As pessoas não precisam ir pra rua em dia de greve. Isso é uma clara demonstração que as pessoas resolveram paralisar em protesto contra a retirada de direitos que o governo vem fazendo. É uma satisfação saber que o povo brasileiro está tomando consciência”, afirmou.

O ex-presidente rebateu ainda as promessas de que a situação econômica do país melhoraria após o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, ou que vai se combater o desemprego com o fim dos direitos trabalhistas.

“Dizer que vai melhorar é uma mentira. Destruir com direitos não melhora a vida de ninguém.”

Lula lembrou que, entre o período de 2004 a 2014, com crescimento do emprego, as contas da Previdência estavam no azul, negando portanto o déficit estrutural apontado pelo atual governo, e sugeriu a saída:

“Se quiserem resolver o problema da Previdência, é preciso que a economia volte a crescer. É simples. Mas esse governo só sabe cortar”, provocou.

O ex-presidente reafirmou, ainda, que as  tentativas de desmonte do sistema de Seguridade Social – por causa da reforma da Previdência –, e da Justiça do Trabalho – por conta da reforma trabalhista – são um desastre para o país.

“Lamento profundamente, mas não tem outro jeito senão continuar lutando para recuperar e melhorar direitos e a qualidade de vida do povo brasileiro”, disse Lula.

Lula ainda brincou que hoje a greve se estendeu até aos exercícios diários.

“Hoje eu entrei em greve, eu não fiz ginástica. Nem o Instituto (Lula) está funcionando”, concluiu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s