1º de Maio tem protestos de centrais contra Temer

As principais centrais sindicais do País usaram o Dia do Trabalho para criticar as reformas propostas pelo presidente Michel Temer para a Previdência e a legislação trabalhista.

Elas prometeram novos protestos e greves para os próximos dias.

Em ato na Avenida Paulista, a CUT também aproveitou para atacar o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), que se firma como um dos principais contrapontos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silv.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s