Exportação alavanca empregos em 13 de 25 setores da economia

Puxados pelas exportações, 13 dos 25 segmentos econômicos monitorados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho abriram vagas com carteira assinada no primeiro trimestre.

É o que aponta estudo da Confederação Nacional do Comércio.

Somando todos os segmentos, o resultado foi negativo – com 64,4 mil vagas fechadas –, mas melhor do que o do primeiro trimestre de 2016, em que 303,1 mil vagas foram perdidas.

O ponto em comum nos segmentos que avançaram mais, segundo a pesquisa, é a ligação com o comércio externo.

Mais voltados à exportação – principalmente o agronegócio –, eles se beneficiam da recuperação da balança comercial.

“O número geral é negativo, mas, quando colocamos a lupa, conseguimos enxergar a recuperação do emprego”, afirma o economista Fabio Bentes, responsável pelo estudo.

O grande destaque foi para a indústria, que gerou empregos em nove segmentos, e o agronegócio, que abriu 14 mil vagas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s