Alvo de boato, historiador americano nega namoro com Dilma Rousseff

Na verdade, James Green é homossexual assumido desde a década de 1970, quando participou de movimentos por direitos LGBT e é casado há 24 anos

O historiador James Green colocou um ponto final das especulações em torno de um suposto affair com a ex-presidente Dilma Rousseff.

O caso virou notícia após informações repassadas por fontes próximas ao acadêmico nos Estados Unidos e ganhou ampla repercussão nacional e internacional.

Na verdade, Green é homossexual assumido desde a década de 1970, quando participou de movimentos por direitos LGBT e políticas de diversidade, e é casado há 24 anos com Moshe Sluhovsky.

A propósito, Green declarou que o marido “…está super ciumento” “e a Dilma disse que ele “tem toda a razão para estar”.

Green confirmou que circulou com Dilma por diversos pontos de Nova York, mas considerou a especulação sobre o affair uma “bobagem”:

Mas é claro que estávamos inseparáveis, eu estava ajudando a organizar as palestras, passei vários dias como o intérprete dela”.

Revista PIAUÍ publica matéria sobre a possível relação do professor americano com a ex-presidente.

Leia na íntegra:

http://zip.net/bctJj4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s