Lula não repete performance anterior, mas aliados dizem que Moro externou “parcialidade”

Painel

Nem tanto ao mar… Aliados do ex-presidente Lula deixaram Curitiba nesta quarta (10) comemorando, mas sabem que a performance do petista à frente de Sergio Moro não foi comparável ao desempenho que ele teve diante de um juiz de Brasília, em março.

Naquela ocasião, fez do interrogatório palco de ato político. Desta vez, a aparição foi tensa.

Ainda assim, para apoiadores, questões de Moro sobre temas alheios ao processo teriam evidenciado sua “parcialidade”, dando força à tese de que há perseguição.

Aí não Moro quis saber a opinião do ex-presidente sobre o julgamento do mensalão. Os advogados do petista o interromperam.

A defesa avalia que o juiz queria, na verdade, com uma resposta de efeito de Lula, gerar desconforto com o Supremo.

Corpo fala Apesar de ter dito que se preparou para não se irritar, Lula aparentou, em diversos momentos, forte tensão.

Quem o conhece reconheceu no cacoete de alisar o bigode com os dedos em forma de pinça seu principal sinal de ansiedade.

É o que é Sergio Moro, antes de começar a audiência, aparentou tranquilidade.

Aos que falaram com ele, repetiu que não queria confusão.

Reforçou que haveria um interrogatório e não um debate.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s