Filha de primeira-dama francesa reage contra “insultos por preconceito de idade” à sua mãe

A nova primeira-dama da França, Brigitte Macron, de 64 anos, está sofrendo ataques misóginos devido ao “ciúme” de seus adversários políticos.

A acusação é de sua filha, a advogada Tiphaine Auzière, de 32 anos.

Tiphaine disputará uma vaga no Parlamento pelo movimento Em Marcha!, o mesmo do presidente Emmanuel Macron, de 39 anos.

Segundo a candidata, Brigitte é alvo de “preconceito por sua idade e insultos sexistas”.

— Acho que não podemos ficar indiferentes a isso, e agora não quero dar importância às pessoas que dizem isso, porque esse tipo de ataque é totalmente escandaloso na França no século XXI — disse a advogada de 32 anos, em entrevista concedida à emissora francesa BFMTV antes da cerimônia de posse presidencial.

Esses são ataques não seriam feitos a políticos do sexo masculinos ou a homens que acompanham mulheres na política.

Então, acho que há muito ciúme, o que é muito inadequado.

Tiphaine, no entanto, acrescenta que conheceu pessoas que admiram o trabalho de sua mãe e seu envolvimento com a política.

— Se as pessoas só tem uma coisa a fazer, que é criticar, então deixem, isso só vai nos tornar ainda mais próximos.

Brigitte Macron tem três filhos — uma advogada, um cardiologista e um engenheiro — de seu primeiro casamento com o banqueiro André Louis Auzière.

Ela se divorciou em 2006 e casou-se no ano seguinte com Macron, que conheceu quando era professora no ensino médio. (Agencias)

Macron e a esposa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s