Eduardo Cunha diz que não teria “estômago” para fazer delação

Mônica Bergamo

Eduardo Cunha disse a advogados que estiveram com ele em Curitiba na semana passada que não teria “estômago” para fazer delação premiada.

Outros integrantes da defesa do deputado, no entanto, acreditam que ele não tem mais alternativa para sair da prisão, depois da delação da JBS, a não ser colaborar com a Justiça.

ZÍPER RASGADO As apostas entre os próprios defensores de Cunha divergem.

Alguns advogados acreditam que ele insistirá na mesma toada. Outros, que ele tentará fazer delação.

SACO VAZIO Há também interlocutores de Cunha que acreditam que, diante de tantas delações que comprometem o próprio presidente Michel Temer, o ex-parlamentar não teria mais uma bala de prata para disparar e conseguir benefícios da Justiça.

Ele hoje é alvo de quatro processos e 20 inquéritos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s