Grupo da JBS poderá submeter-se às rigorosas leis anticorrupção dos Estados Unidos

Claudio Humberto revela hoje o temor dos dirigentes da JBS em se submeterem às rígidas leis anti corrupção dos Estados Unidos.

A mudança de Joesley Batista & caterva para os Estados Unidos não garante a imunidade que conseguiram no Brasil.

Lá, a Justiça é severa na punição de empresas que, operando no país, pagam propina ou suborno no exterior.

A JBS USA, em Greeley, sede de 56 unidades de produção de Joesley nos EUA, está sujeita ao rigor da Lei de Práticas Corruptas no Exterior (FCPA, sigla em inglês).

A JBS USA responde por mais de 50% do faturamento de R$170 bilhões do grupo JBS.

Leia coluna completa: http://zip.net/btrhJf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s