Empresários insatisfeitos com o “cofre fechado” forçaram a renuncia da Presidente do BNDES

Globo

A economista Maria Silvia Bastos Marques deixou ontem a presidência do BNDES após pressões de empresários, que se queixavam da política mais rigorosa de concessão de crédito sob sua gestão, e embates com o Planalto.

As investigações da PF e do TCU sobre o apoio do BNDES ao grupo JBS nos governos Dilma e Lula também causaram desconforto, levando funcionários a cobrarem de Maria Silvia uma defesa mais enfática de operações que foram feitas antes do impeachment.

Na conversa gravada pelo dono da JBS com o presidente Temer, Joesley reclama de ter recebido negativas do BNDES na gestão de Maria Silvia, que oficialmente saiu por motivos pessoais.

O governo escolheu para o cargo Paulo Rabello de Castro, presidente do IBGE e amigo de Temer.

A escolha foi elogiada por entidades empresariais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s