Aeronave gigante poderá ficar até cinco dias em voo

Com seus 92 metros de comprimento e aparência de um desses balões promocionais (blimps), o Airlander 10, fabricado pela Hybrid Air Vehicles, acaba de completar uma série de testes em voo e se aproxima da etapa de utilização comercial.

Apesar de sua semelhança com um dirigível, a nave combina as tecnologias também de aviões e helicópteros, daí a denominação “hybrid”.

O projeto prevê a permanência do Airlander 10 em altitudes de até 20.000 pés (6.100 m) por até cinco dias (quando tripulado). No início deste mês de maio, a nave híbrida voou um total de 180 minutos em seu terceiro ensaio.

O fabricante também realizou outros testes, como desempenho de decolagem e pouso, manobrabilidade, o novo sistema de “pés de pouso” e, claro, o comportamento geral da nave com relação aos parâmetros de voo.

A Hybrid Air Vehicles julga que seu projeto poderá ser utilizado no futuro para missões de busca e salvamento, controle de fronteiras, segurança, filmagens e pesquisa acadêmica. A empresa também acredita que o Airlander 10 poderá realizar o transporte de passageiros, além de ocupar um nicho crucial como cargueiro ponto a ponto.

Mistura de dirigível, avião e helicóptero, o Airlander 10 finaliza uma sequência de testes e pode entrar em operação em breve

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s