César Maia diz que PSDB tem poucas chances numa indireta, porque se acham “donos do mundo”

O ex-prefeito do Rio Cesar Maia disse em entrevista ao Globo deste domingo, 28, que políticos já discutiram manutenção de foro privilegiado para o presidente Michel Temer, caso ele deixe o governo. Segundo ele, as conversas não prosperaram por temor da opinião pública.

“Algumas coisas já foram discutidas. Uma era fazer uma lei que diria: no caso de renúncia, o presidente da República mantém o foro especial até o fim do mandato”, disse César Maia, na entrevista.

“Mas foi superado, porque deputados e senadores que colocassem a cabeça de fora ficariam mal. Quem vai apresentar? Por avaliação da repercussão, não foi adiante”.

Cesar Maia é pai do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Ele sugeriu que o filho pode ser forte candidato ao lugar de Temer, se conseguir aprovar as reformas.

O ex-prefeito também disse que o PSDB tem poucas chances numa eleição indireta.

Afirmou que políticos se sentem constrangidos em pedir cargo aos tucanos, que acham que são donos do mundo”.

Sobre o julgamento de Michel Temer no TSE, Maia falou que a equipe de Temer pode apresentar novos argumentos de defesa para favorecer um pedido de vistas e postergar decisão no processo de cassação da chapa Dilma-Temer.

“Acho que a chance de termos uma definição do processo no TSE na semana do dia 6 é de 5% ou 10%.

Podem ainda surgir novos argumentos da defesa que originem pedidos de vista”, disse o ex-prefeito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s