Base aliada defende reforma da Previdência mais “enxuta”

Líderes da base aliada na Câmara dos Deputados já defendem a votação de uma reforma da Previdência mais “enxuta”, que contemple somente o aumento da idade mínima para a aposentadoria.

As demais mudanças no texto ficariam para 2019. Outra opção é passar uma “minirreforma” via medida provisória ou projeto de lei.

A avaliação dos parlamentares é que, depois da delação da JBS, ficou mais difícil para o governo conseguir apoio dos 308 deputados e 49 senadores necessários para a aprovação de uma proposta de emenda à Constituição.

Os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil, Henrique Meirelles, da Fazenda, e Antônio Imbassahy, da Secretaria de Governo, por outro lado, negam a existência de um “plano B”.

“Só tem plano A.

É a proposta em tramitação”, disse Padilha.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pretende colocar a reforma em votação entre 5 e 12 de junho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s