Londres de novo alvo de ataques terroristas. Uma noite em estado de alerta na capital britânica

Segundo informação divulgada pela polícia, os ataques na London Bridge e no Borough Market provocaram sete mortos e três terroristas foram abatidos pelas forças de segurança.

Pelo menos 50 pessoas feridas transportadas para os hospitais de Londres.

O atentado ocorre a quatro dias das eleições legislativas.

O Partido Conservador, da primeira-ministra Theresa May, suspendeu neste domingo, a sua campanha eleitoral.

Ellie Price escreveu no Twitter que “o partido não vai fazer campanha nacional hoje” e que esta decisão vai ser reanalisada ao longo do dia, de acordo com mais informações sobre o ataque em London Bridge.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, afirmou que alguns dos feridos estão em “estado crítico”.

Resumo dos ataques

A seguir o resumo dos três ataques terroristas simultâneos, de ontem, 3, em Londres:

As primeiras informações segundo as quais um veículo tinha atropelado pedestres na London Bridge chegaram à polícia às 22:08h (18hs08 em Brasília).

O veículo continuou na London Bridge em direção ao Borough Market.

“Os suspeitos saíram então do veículo e um conjunto de pessoas foram esfaqueadas”, incluindo um policial que estava de serviço e que tinha acorrido para dar resposta ao incidente na London Bridge.

Esse policial sofreu ferimentos sérios.

Policiais armados responderam “muito rapidamente e com bravura”, no Borough Market.

“Os suspeitos foram mortos em oito minutos

Os suspeitos pareciam ter coletes com explosivos, mas a polícia percebeu depois que eram falsos”.

Seis pessoas morreram, pelo menos 48 foram transportadas para o hospital, segundo balanço mais recente.

O que incialmente foi tratado como um incidente acabou sendo declarado, um ataque terrorista.

Desta vez não se tratou de um ato isolado.

Pouco depois do atropelamento na London Bridge, um segundo ataque teve lugar no Borough Market, um dos típicos mercados da capital britânica, na margem sul do rio Tamisa.

Segundo testemunhas oculares citadas pela imprensa britânica, três homens entraram no mercado esfaqueando várias pessoas, até serem abatidos.

Um terceiro incidente com esfaqueamento em Vauxhall, zona de bares e discotecas, é admitido como ato terrorista, ainda não confirmado pela Polícia.

chegou a ser referido como tendo também origem terrorista, mas, pouco depois da meia-noite, o comunicado da polícia londrina esclarecia não estar relacionado com os outros dois então confirmados como ataques terroristas.

Theresa May: “ato de terrorismo”

.De acordo com a BBC, a Primeira-ministra britânica, Theresa May, classificou de “terrível” o ato terrorista ocorrido em Londres.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s