Herman Benjamin esquece “farpas” e chama Gilmar Mendes de “amigo-irmão”

Prova da democracia nos tribunais de Brasília.

Revela a Folha hoje, 13, que “Depois da intensa troca de farpas públicas no julgamento do TSE, Gilmar Mendes, presidente da corte eleitoral, e Herman Benjamin, relator do processo de cassação, seguiram dialogando amistosamente.

“As diferenças de opinião só servem para nos obrigar, como amigos, a concentrar nas identidades, que são muitas”, diz Benjamin, que define Mendes como “amigo-irmão”.

Nesta segunda-feira (12), os dois voltaram a conversar, por telefone.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s