No vaivém do PSDB, Alckmin conseguiu ser pró e contra Temer

O governador Geraldo Alckmin (SP) foi o tucano que melhor se saiu do vaivém sobre a manutenção do apoio do partido ao governo Michel Temer, enfim decidida em caráter provisório em reunião da Executiva Nacional do PSDB na segunda (12).

Alckmin logrou defender a permanência no governo e, ao mesmo tempo, se dizer descomprometido a apoiar qualquer coisa vinda do Planalto que não sejam reformas estruturais que “gerem emprego”.

Embutiu defesa da estabilidade institucional e discurso de candidato a presidente num só pacote.

Se vai colar, é outra história.

Ainda assim, Alckmin fortaleceu sua posição no partido.

Se é verdade que também protagonizou vaivém, ora lançando candidatos a uma eleição indireta que ainda não veio, ora defendendo responsabilidade, ao fim disse que seu compromisso é com o país.

Para o Planalto, a permanência dos tucanos é vital para sinalizar governabilidade, mais pelo peso político e a certeza de que aliados como o PSD deixariam a base se o PSDB o fizesse” (Igor Gielow, Folha).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s