JBS é processada por ex-diretores do BNDES, em mais uma de série de ações

Môncia Bergamo

A JBS enfrenta nova ação popular –a primeira delas, bem-sucedida, resultou no bloqueio de R$ 800 milhões da conta do empresário Joesley Batista.

Nesta, os autores pedem a suspensão “de toda e qualquer” liberação de recursos do BNDES para a empresa, além do bloqueio de contas bancárias de executivos e das empresas do grupo.

FRONTEIRA A ação é movida por ex-magistrados e ex-diretores do BNDES.

Eles pedem também a declaração de inidoneidade da JBS e a apreensão do passaporte dos executivos, além do documento de viagem de Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do BNDES.

OLHO ABERTO A ação já mobiliza a empresa, que teme ser surpreendida de novo por liminar acatando uma iniciativa popular.

TIROTEIO Desde que o acordo de colaboração da JBS com a Procuradoria-Geral da República veio a público, a empresa viu uma avalanche de processos passarem a tramitar com celeridade tanto em órgãos do governo como em varas de Justiça espalhadas pelo país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s