Visita de Temer a Moscou é estratégica para o Brasil e a América Latina

Nelson Düring

Desconsiderada e até ridicularizada por grande parte da imprensa, que conduz feroz Guerra Híbrida ao Governo do Michel Temer, a visita a Moscou poderá  ter um profundo e amplo impacto estratégico na geopolítica regional.

O Presidente Michel Temer inicia  viagem à Rússia e Noruega.A viagem a Moscou teve a prioridade retomada no Palácio do Planalto após a desastrada Operação Carne Fraca e a debacle do complexo JBS.

O governo tenta reconstituir o setor agropecuário brasileiro minimizando a sabotagem que o Grupo JBS está causando ao complexo da carne (bovino, suíno e aves), brasileiro.

Em Moscou, Michel Temer terá uma visita oficial ao presidente da Rússia, Vladmir Putin, onde tratarão de assuntos econômicos e comerciais.

Segundo a Presidência, o encontro no Kremlin é fruto de um convite a Michel Temer feito em Dezembro de 2016.

Não há informação de possíveis acordos na área de defesa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s