Temer orientou divisão de verba desviada de fundo da CEF para uso eleitoral

Doleiro afirma que R$ 20 milhões retirados de operações do Fundo de Investimento do FGTS e distribuídos para campanhas eleitorais a pedido do peemedebista.

Funaro afirmou também que Temer sabia do pagamento de propina feito pela Odebrecht para obter contratos na Petrobras.

Procurado, o advogado do presidente não comentou.

Segundo a PF, todas as evidências indicam “com vigor” a prática de corrupção passiva por parte de Temer no caso da propina entregue pela JBS ao ex-deputado Rocha Loures.

Também à PF, Joesley Batista disse que Temer teria pressionado o BNDES para aprovar pedido de interesse da JBS.

Funaro disse que trabalhou na arrecadação de fundos das campanhas do PMDB em 2010, 2012 e 2014.

Segundo o termo de depoimento, ele “estima que tenha arrecadado cerca de R$ 100 milhões para o PMDB e partidos coligados para as três campanhas acima mencionadas.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s