Seja quem for o Presidente nos próximos dias, o céu não é de brigadeiro

Após o parecer do relator do pedido de processo penal contra Temer cresce em Brasília, nas principais rodas de políticos a substituição dele  pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O presidente interino do PSDB, o senador Tasso Jereissati, afirmou  que o país caminha para a “ingovernabilidade” e reforçou que Maia seria uma das alternativas para governar o país.

Maia repete que tudo é especulação.

“Aprendi em casa a ser leal, a ser correto, e serei com o presidente Michel Temer sempre”, afirmou.

O burburinho em torno do seu nome, porém, não cessa.

O clima geral em Brasília pode ser ilustrado por um vídeo divulgado pelo senador neo-oposicionista Renan Calheiros (PMDB-AL), um dos mais experientes operadores políticos da capital:

“O Governo Temer conseguirá a proeza de ser o refundador do caos”, diz ele, na peça, citando a crise financeira na máquina pública e numa provável referência aos últimos dias da gestão Dilma Rousseff.

Seja quem for o mandatário nos próximos meses, o certo é que a perspectiva não é de céu de brigadeiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s