Romero Jucá admite que reforma da Previdência pode ser fatiada

As vitórias do governo na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, em relação à denúncia contra o presidente Michel Temer, e na reforma trabalhista injetaram ânimo no governo.

Mesmo assim, o líder no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), já admite votar apenas parte do projeto de reforma da Previdência e adiar “para 2018 ou para o futuro” a decisão sobre temas polêmicos que podem ser barrados pelo Congresso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s