Rodovias privatizadas têm R$ 30 bilhões em investimento parado

Problemas como indefinições contratuais por divergências entre órgãos públicos, morosidade do governo, dificuldade na liberação ou repactuação de crédito e investigações na Lava Jato travam investimentos estimados em R$ 30 bilhões nas estradas brasileiras, segundo a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR).

Apesar de cada empresa ser um caso particular, especialistas apontam dois pontos em comum: a solução dos entraves é de responsabilidade do poder público e sua protelação custa caro.

Sob a gestão de 21 concessionárias estão 10 mil km de estradas federais pedagiadas.

A tarefa de reequilibrar os contratos é da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), frequentemente em confronto com o Tribunal de Contas da União (TCU).

A ANTT reconhece que tem “visão técnica diferente e vem promovendo discussões com o TCU para harmonizar os entendimentos”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s