Punição a má-fé em ação trabalhista é alvo de reforma

O trabalhador ou empregador que, em ações trabalhistas, alterar a realidade ou induzir o juiz a erro será punido com multa de atê 10% do valor da causa e pode ter de indenizar a outra parte.

É o que estabelece o texto da reforma trabalhista sobre a chamada litigância de má-fê.

A medida reforçará posição que já ê usada, mas de forma tímida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s