União deve adiar reajuste de servidor público e servidores articulam paralisação

A União deve adiar em pelo menos seis meses o reajuste de servidores previsto para janeiro de 2018.

O adiamento provocaria economia de R$ 7 bilhões no ano que vem.

Os gastos com o funcionalismo subiram 11,3% no primeiro semestre, muito acima do 0,5% de expansão das despesas em geral, o que agravou a situação das contas públicas, levando ao maior rombo em 21 anos.

Em 12 meses, o déficit chega a R$ 182 bilhões, o que pode dificultar o cumprimento da meta de 2017.

Para reforçar o ajuste fiscal, o governo quer aprovar um teto para a remuneração total dos servidores dos três Poderes e estuda extinguir o abono.

O gasto estimado é de R$ 22 bilhões.

Servidores já se articulam para recorrer à Justiça ou até paralisar serviços caso a proposta se confirme.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s