Sem alardes, reservas do Brasil batem “record” e chegam a U$ 380 bilhões de dólares

Cláudio Humberto, 2: http://zip.net/btrhJf

A equipe econômica de Michel Temer conseguiu um feito sem precedentes: elevou as reservas internacionais brasileiras ao maior nível da História, atingindo US$380,8 bilhões, em julho.

As reservas são espécie de “poupança cambial”, utilizada em medidas anticíclicas para amenizar os efeitos de crises externas, como a de 2008.

Apesar da economia frágil, as reservas cresceram 1,4% no governo Temer.

A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Quando Michel Temer assumiu, em 13 de maio, as reservas cambiais totalizavam US$375,6 bilhões.

Apesar do maior nível da história, as reservas brasileiras são pequenas em relação a China: mais de US$3 trilhões (maior que o PIB do Brasil).

Se as reservas cambiais são boa notícia, há indicadores preocupantes, como a queda na arrecadação e consequente aumento do rombo fiscal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s