Câmara vota “pacote de segurança” que é superficial, do tipo “curativo” e não “cirurgia”

A Câmara aprovou ontem à noite projetos que acabam com a redução automática da pena para menores de 21 anos e que obrigam operadoras de telefonia a instalar bloqueadores de celular em presídios.

Os textos, que ainda vão ao Senado, integram o pacote de Segurança que o presidente da Casa, Rodrigo Maia, quer votar ainda este ano.

Opinião do blog – Boa iniciativa a de priorizar debate e votação no pacote da segurança pública.

Esse é tema inadiável.

De norte a sul ninguém suporta mais a violência.

Porém, pelo andar da carruagem, a matéria a ser votada é absolutamente cosmética, superficial.

Dessa forma, a Câmara e o Senado não farão a “cirurgia”, que o país clama no combate a violência.

Serão leis do “tipo” curativo e que pouco influirão no combate à insegurança das cidades.

Infelizmente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s