Na Venezuela, Maduro “esperneia”, mas será difícil continuar no poder

Embalado por vitórias nas eleições regionais, Maduro vai disputar a reeleição em 2018, informou o vice-presidente, Tareck Aissami.

Já o Equador vai pôr em votação o fim da reeleição sem limites.

Opinião do blog – Parece estar no fim os regimes autoritários da América Latina.

Por mais que deseje, será difícil para Maduro permanecer no poder na Venezuela.

Pouco adiantará “espernear”

O país está de pires na mão.

Já no Equador, as mudanças avançam e o país volta a normalidade democrática.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s