Carlos Eduardo em dúvida levaria o PMDB ao lançamento de Marcelo Queiroz para governador

Heitor Gregório

O senador Garibaldi Filho prestigiou a festa de inauguração do novo prédio do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (SESC/RN), em Mossoró, na última quinta-feira (30).

A reinauguração ocorreu após dois anos de reforma e um investimento de R$ 30 milhões, como iniciativa da Federação do Comércio (Fecomércio/RN).

Opinião do blog“Ferve” a preocupação dos senadores Garibaldi Alves e José Agripino, que trabalham em “dobradinha”, em relação à reeleição dos dois em 2018.

A prioridade número “um” é completar a chapa majoritária, com o nome definido para disputar o governo do Estado.

Na semana passada, o assédio à Carlos Eduardo, prefeito de Natal, foi forte.

Os dois lhe disseram que ele era o nome preferido e a campanha poderia começar logo, com a renovação da aliança familiar Alves e Maia: Carlos para governador; Garibaldi e Agripino para senador.

AGRIPINO TRARÁ ROSALBA

De “quebra” Agripino confirmou que traria a “rosa” de Mossoró (Rosalba Ciarlini), que já teria superado os traumas políticos causados pelo PMDB e DEM em 2014.

A vinda da “Rosa” consolidaria a vice-governança da chapa, com o nome do atual deputado Betinho Rosado, que cederia o seu lugar para o primo Kadú Rosado (filho de Rosalba) ser eleito deputado federal.

Essa “estratégia” acomodaria Sandra Rosado, que teria a segurança da preferencia do grupo na deputação estadual para a filha Larissa Rosado.

Tudo arrumado!

Só faltou combinar com os “russos”.

FATO RECENTE

Todavia, fato recente cria dúvidas sobre a aceitação de Carlos Eduardo, em ser o candidato à governador.

Circulam informações de que ele teme participar de um palanque com a possibilidade de ser denominado da “Lava Jato”.

Em razão disso há informações de que CE estaria mandando “recado” para Fátima Bezerra, de que aceitaria disputar o Senado, na chapa do PT.

Caso verdadeira a informação é o caso de indagar: e a chapa do PT (até com maior razão) também não seria palanque genuíno da “Lava Jato”?

SURGE MARCELO QUEIROZ

Nesse contexto enigmático, na última quinta, 30, o “caldeirão potiguar” voltou a ferver.

Garibaldi, em Mossoró, durante a inauguração das novas instalações do Sesc-Mossoró, não “soltou” o presidente da Comercio/RN, empresário Marcelo Queiroz, que é filiado ao PMDB e tem como principal auxiliar Jaime Mariz, ex-auxiliar e homem de confiança do senador há anos.

A verdade é que com esse novo indício eleitoral, uma pedra se soma no tabuleiro político do PMDB-RN.

Mais uma vez, Marcelo Queiroz se mostra disponível para luta eleitoral, como opção para o governo do Estado.

Ele tem como colocar a máquina das instituições que dirige no jogo e assim poderá atrair o interesse dos peemedebistas pela sua candidatura.

Bem, vontade não falta a Marcelo Queiroz.

E essa vontade e ambição política de Marcelo Queiroz, que vem desde 2016, poderá leva-lo a ser uma opção também para o senado, ao lado de Carlos Eduardo e Garibaldi.

Nessa hipótese, Agripino ficaria “seguro no pincel”?

Será?

Só resta aguardar os próximos capítulos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s